Peru - Intercâmbio

Estamos mais uma vez escrevendo aqui sobre o que deu origem a esse blog: Intercâmbios. Depois da MIlene contar a experiência dela, agora chegou a minha vez (:

 Nosso objetivo nessa "coluna" ( vamos fazer vários posts desse) é mostrar para vocês as diferentes opções de intercâmbios que vocês têm e tentar sanar todas as dúvidas entes de irem!

  •  Para onde: Arequipa- Peru
  •  Quanto tempo: 2 meses
  •  Foi por alguma agência/empresa? Qual? Fui pela  AIESEC , uma organização jovem sem fins lucrativos que promove intercâmbios de trabalho voluntário e de estágio.
  •  Foi sua primeira viagem fora do Brasil? Não, nem minha primeira viagem sozinha. Mas isso não quer dizer que eu não estava com medo, vamos lá. Ir para um país em que eu não conheço ninguém, ficar em uma casa de família ( que eu também não conheço ninguém..) é pelo menos um pouco aterrorizante hahaha - mas juro que passa. E vale muito a pena.
  •  Como foi contar para seus pais que você ia fazer um intercâmbio? Então, foi um pouquinho mais complicado do que quando eu fui pra Barcelona, porque dessa vez eu não estava indo por uma agência, mas sim por uma organização sem fins lucrativos de jovens . Isso foi meio que um impasse no momento porque meus pais estariam me mandando pra outro país e eu estaria sobre a responsabilidade de jovens... mas eu acabei convencendo eles porque assim que decidi fazer o intercâmbio entrei para trabalhar como voluntária na AIESEC e consegui ver de perto como tudo funcionava, assim eles conseguiram ver a seriedade do trabalho da organização. Além disso uma amiga da minha irmã tinha acabado de voltar de um intercâmbio pela AIESEC, o que passou mais tranquilidade pra eles.
  •  Motivo do intercâmbio:  sempre quis fazer trabalho voluntário e amo viajar ( novidade rs) , então poder juntar as duas coisas foi uma ideia que me pareceu incrível.
  •  Conte-nos como foi seu primeiro dia: Gente foi muito legal haha. Eu tava super nervosa porque tinha vindo direto de uma viagem com os meus pais e não tinha conseguido contactar a minha família, logo tava morrendo de medo de chegar lá e não ter ninguém. O que eu fiz foi pesquisar eles no facebook pra ver como eram ( porque imagina se eu não encontro??) e quando cheguei eles tavam lá com plaquinha e tudo <3 . Depois de deixar minha mala na minha nova casa meu irmão host me levou pra conhecer um pouquinho da cidade, provamos pratos típicos.. foi realmente muito legal!!
  •  Quanto tempo demorou para encontrar seu primeiro amigo? Olha, eu dei muita sorte quanto a isso. Quase todo mundo que fez intercâmbio comigo era brasileiro ( o que me deixou um pouco triste no início porque eu queria conhecer pessoas de lugares diferentes e também depois ter casas ao redor do mundo pra ficar hahahah) e isso foi muito bom. Não adianta, brasileiro sempre se procura quando está viajando, e além disso a AIESEC criou um grupo no facebook com todos os intercambistas que iam na mesma época para Arequipa, então mesmo antes de chegar eu já tinha falado com eles e já estávamos porgramando viagens haha
  •  O seu objetivo foi alcançado?  Gente, foi mais que alcançado. Essa foi com certeza uma das melhores experiências da minha vida. Conheci pessoas maravilhosas, vivi experiências inesquecíveis e o trabalho voluntário então, foi encantador. Eu fui para ensinar as crianças e acabei aprendendo - muito - com elas.
  •  Alguma dica do que levar na mala para ir a um intercâmbio?  Cópia do passaporte ou da identidade ( dependeno de para onde você for) pra não ficar andando com o original por ai, te garanto que você não quer perder o seu. Além disso é MUITO IMPORTANTE andar com o seguro saúde e em um lugar acessível, porque se você passar mal, as pessoas tem como achar. Outra coisa é presente para os seus hosts caso você vá ficar em casa de família! É muito legal compartilhar com eles um pouco da sua cultura e te garanto que ficarão muito felizes (:
  •  Alguma dica de lugar que não pode deixar de ir no país em que foi viajar? Difícil de responder essa pergunta. Tem tanto lugar legal pelo Peru que no blog vocês vão achar vários post sobre viagens por lá haha, mas por Arequipa mesmo eu diria Canión del Colca, é o Canion mais profundo do mundo e é incrivelmente bonito.
  •  Alguma história engraçada/perrengue que passou e queira dividir com a gente: Essa com certeza é a pergunta mais difícil, porque o que mais aconteceu por lá foram perrengues haha mas vou contar um que aconteceu em Arequipa mesmo né.. então, logo no meu segundo dia, em que eu mal conhecia as pessoas, eles combinaram de conhecer as Cataratas del Sogay.

     Acordamos mega cedo para conseguir chegar nas cataratas com calma e aproveitar, só que ninguém sabia exatamente como fazer para ir para lá. Depois de um bom tempinho procurando conseguimos um taxi que aceitou levar a gente ( porque era longe a vera) , porém era só um taxi pra 9 pessoas! Conclusão: 4 pessoas foram na mala ( a foto abaixo é pra mostrar que não é metira) - uma delas era eu - de um taxi que estava sendo dirigido por um motorista sem uma perrna!! Quando chegamos lá tivemos que caminhar um bom pedaço e depois subir pelas pedras de um rio ( em que quase pessoas perderam o chinelo rs) para chegar na bendita da cascata.

      Com um início de viagem assim, era óbvio que ela seria inesquecível né?

 Cataratas do Sogay

  •  ​Valeu a pena? Faria de novo? Tem saudades de lá? Morro de saudades de lá!!!! Valeu muito a pena e com certeza faria de novo! Foi uma experiência incrível e daria tudo para reviver cada momento!!

2 thoughts on “Peru - Intercâmbio

  1. Olá, estou indo em dezembro para o Peru pela AIESEC. Vou ficar 6 semanas lá. Quanto você levou para passar esses 2 meses? é melhor levar dólar, real, cartão de crédito ou débito. Estou super na dúvida, se puder me dar esse help, agradeço. ps: Adorei o blog.

    1. Oi Nayara, que bom que você gostou do blog e que bom que você vai fazer um intercâmbio pela AIESEC, tenho certeza que vai amar! Eu fui faz dois anos já, mas levei em torno de 2000 reais e paguei tudo inclusive ( sem contar com a passagem) inclusive as minhas viagens pelo Peru. Viajar pela AIESEC é muito barato porque você já tem hospedagem e normalmente alimentação inclusa. Eu na época levei o cartão da Confidence, mas como o IOF está alto no momento você deve analisar as outras opções para ver se compensa, como seria o caso de desbloquear o seu cartão ( você paga com juros flutuantes, se der sorte do dólar estar baixo quando a conta vier vale mais a pena que o IOF.. mas é sorte). O melhor mesmo para perder menos dinheiro seria levar em espécie, mas é arriscado andar com todas as suas economias para a viagem em um lugar só e ainda por cima em notas. Recomendo levar um cartão pois qualquer coisa podem depositar do Brasil para você e uma parte em dinheiro, porque caso o cartão dê problema você também tem como se virar por lá. Agora as opções de cartão você tem que avaliar. Existe também o NET, que é como o cartão da Confidence mas que por não ser brasileiro tem taxas mais baratas. Vale a pena dar uma olhada para comparar! Espero ter ajudado, qualquer coisa pode perguntar pra gente (:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *